Inventário detalhado de maquiagem - 1º semestre de 2017

21:55

Tudo começou quando resolvi organizar meu orçamento. Analisei os meus gastos desde o começo do ano para ver onde meu dinheiro estava indo e cheguei em algumas categorias. Uma delas era gastos com beleza: salão de cabeleireiro, produtos etc. Então, com essa informação em mãos, listei tudo o que eu tenho atualmente, fiz uma limpa nos produtos que não utilizo mais depois da minha transição para o (santo) óleo de coco e cheguei no número absurdo de 74 produtos.
Desse total, separei os produtos que serão repostos caso terminem, aqueles produtos que gosto muito, que me deixam feliz mesmo, e cheguei na média de 40 produtos no total.
Por fim, separei todos os produtos que eu quero terminar até o final do ano, uma lista com 26 itens dos mais variados, mas que estão ou quase acabando, ou são os últimos de uma categoria que talvez eu elimine de vez da minha rotina de beleza.
Nos últimos meses renovei minha maquiagem quase que completamente, porque tinha muitos produtos velhos que faziam eu me sentir escrava da necessidade de terminá-los antes de adquirir coisas novas. O problema era que eu não sentia a menor vontade de usar nada daquilo porque ansiava por novidades, e acabei me entregando a isso e comprei muitas coisas novas para mim. Isso me fez desapegar de muitas coisas velhas, inclusive me desfiz até mesmo de algumas das coisas novas que não funcionaram para mim (acontece, com maquiagem só sabemos depois de usar!). Hoje, estou feliz por ter me permitido essa extravagância, porque o propósito do minimalismo não é a privação, mas sim a valorização daquilo que nos faz feliz. Seria muito mais mínimo simplesmente não ter maquiagem nenhuma? Sim, com certeza. Me faria feliz? Não, não faria. Porque eu gosto tanto dessa brincadeira de me pintar que inclusive a escolhi como profissão (trabalhava como maquiadora profissional antes de entrar para o mundo corporativo, onde realmente me encontrei profissionalmente).
E as minhas metas? Bom, a primeira é, com certeza, finalizar os produtos que eu separei e que não serão repostos. A segunda é separar um orçamento mensal que me permita me paparicar sem me quebrar financeiramente, e terceiro: explorar as possibilidades de eliminar alguns itens da minha rotina. Buscar alternativas que não produzam lixo, ou diminuam a produção de lixo, tem sido uma nova perspectiva de vida, e todas as minhas metas seguirão esse princípio.
Com tudo isso em mente, segue abaixo meu atual inventário de maquiagem. É minimalista? Não acho que seja. Mas cabe tudo em uma necessaire, o que já funciona para mim:
Uma maneira de se divertir com maquiagem sem gastar dinheiro com paletas de sombras super coloridas que não são usadas diariamente, mas ocupam muito espaço, é investir em sombras unitárias. Tenho duas: uma verde água, da Quem disse Berenice?, e uma prata (cor nº 02) da Vult.
Por outro lado, paletas são práticas. Hoje tenho 5: três da BH Cosmetics, uma da Make Up For Ever (super colorida!) e uma da NYX onde coloquei minhas sombras favoritas da minha antiga Naked Original, da Urban Decay, antes de me desfazer da paleta em si.
Recentemente (depois de adquirir a paleta Orgulho e Preconceito e Zumbis, da BH), descobri um amor incondicional por iluminadores. Ao invés de investir em uma paleta caríssima por aqui mesmo, resolvi apostar nessa, também, da BH Cosmetics. Com essas quatro cores, mais a que veio na paleta, terminei com 5 cores.
Não me sinto eu mesma sem fazer o contorno quando me maquio. Tenho esse bronzer da Bourjois e esse pó de contorno que fiz misturando sombras que ficavam estranhas nos olhos mas com a cor ideal para o contorno no meu tom de pele (fica a dica de como reaproveitar sombras como blush, bronzer e contorno!).
Um corretivo que sirva também de base é essencial (na minha nada humilde opinião). Esse da MAC quebra o galho, mas quero uma alternativa Vegan para a próxima compra.
Base, para mim, tem que funcionar com cobertura total e cobertura leve. Essa da MAC quebra o galho: quando quero aquele acabamento top model aplico com uma esponja tipo Beauty Blender, mas para o dia-a-dia eu aplico com os dedos (faço uns pingos de base na região das olheiras e vou dando leves palmadinhas para espalhar). Essa da BH, que na verdade é um BB Cream, ou seja, cobertura levíssima, passo apenas para fixar o meu pó facial e ficar com cara de saudável.
Me rendi ao batons líquidos esse ano. A cobertura é ótima, não transfere e o acabamento é opaco/mate. Tenho alguns claros, alguns escuros, mas nenhum vermelho. O truque é saber escolher a cor que funciona para você (ou seja, aquela que você sente que está arrasando!). Os meus favoritos são os da Dailus PRO 12h. Na foto, fileira de cima: Dailus Pro 12h cor 70 Sapatilha, cor 80 Mascavo, cor 78 Colan Marsalla, cor 82 Sissone, cor 36 Arte nos Pés, Vult Matte (número apagado, mas é tipo um pink meio roxo/uva), Pausa para Feminices na cor Hermione e cor Avalon. Na fileira de baixo: Batom Velvet Matte Lip Pencil da Nars na cor Sex Machine e Batom mate da Vult na cor º04.
Desisti de investir dinheiro em máscaras de cílios/rímel caros, mas ainda estou procurando uma alternativa Vegan que eu goste. Esse da Vult simplesmente da muito trabalho, mas gosto bastante desse da Dailus (só não descobri ainda se é vegano ou não...). O lápis azul é de olhos, os outros dois são de boca. O delineador é da Vult.
E a minha coleção gigante de bases em pó e pós faciais. Prefiro os pós soltos aos compactos pois acho o acabamento mais natural. Basicamente quero terminar com quatro destes até o final do ano.
Vou fazer um post sobre a minha rotina nova usando o Óleo de Coco como carro chefe de tudo, assim posso compartilhar com vocês as novas escolhas que tenho feito e como isso está me ajudando a reduzir minha coleção de produtos de beleza e simplificar minha vida. Também optei por não comprar mais nada beauty related pelos próximos tempos, para contribuir com o projeto!

4 comentários

  1. Não achei tanta coisa, parece ser bem o que vc precisa!
    Estou ansiosa para ler sobre sua nova rotina usando óleo de coco.
    Tenha uma ótima semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luda, tudo bem?

      Para mim também é uma quantidade razoável! Nada comparado com o que já vi por aí ou mesmo ao que eu já tive antes!
      Pode deixar, vou fazer esse post!

      Besos,
      Tate

      Excluir
  2. Oi..muito bom ver suas postagens ficando mais frequentes. Adoro sua forma de escrever. Não deixa mesmo de contar como e pra que está usando o óleo de coco. bjo de Recife

    Leila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leia, tudo bem?

      Recife? Que delícia! Uma das melhores viagens que eu já fiz!!

      Prometo que vou ficar mais ativa por aqui, muito obrigada pelo carinho!

      Besos,
      Tate

      Excluir

Não comente como Anônimo! Se você não possui uma conta para comentar, é só escolher a opção "Nome/URL" no campo "Comentar como" e colocar seu nome! :)