Mudei de emprego: que roupa eu compro?!

09:00

Recebi o seguinte comentário aqui no blog:
Queria aproveitar o espaço para te pedir um conselho. Eu venho caminhando nesse processo de destralhe e de redução das roupas que eu já tinha e também de reeducação nas aquisições. Acontece que eu consegui um novo emprego onde terei que mudar meu guarda roupa quase que totalmente para me adequar as regras da empresa. Estou pirando, não quero comprar e muito menos acumular roupas. Se for do seu interesse eu gostaria muito que você fizesse um post relacionado as roupas de trabalho (sociais) algo desse tipo, a quantidade que acha importante ter. Muito obrigada, até mais :)
Bom, eu mesma passei por isso no começo do último ano: sai do salão direto para um escritório com Dress Code social. Aqui entre nós, eu poderia fazer um texto super bacana sobre dicas de moda e blá blá blá. Sim eu poderia mesmo, e ia ser um post muito bom. Mas não acho que isso resolveria a questão. Por isso, optei por falar sobre as coisas que eu comprei e não comprei, e como isso afetou o meu dia-a-dia no trabalho.

Blusas e Camisas
Quando eu fui chamada para as entrevistas eu comprei duas camisas sociais, uma lisa e uma estampada. Depois que eu já tinha conseguido o emprego coloquei na cabeça que precisava comprar outras opções, então fui até grandes varejistas e comprei mais três opções. Dessas todas, somente a estampada eu ainda uso, mas não todas as semanas. Se fosse para fazer essas escolhas novamente, eu escolheria diferente: manteria a estampada e compraria uma camisa branca. Isso porque, sendo mulher, posso usar blusas de variados modelos. Então eu costumo usar, além das camisas sociais, uma regata listrada cinza com uma gola bonita rendada e uma camiseta branca (sim, basicona mesmo!). Tenho outra opções? Sim! Porém a essência do meu guarda roupas é essa mesmo: duas camisas sociais, uma regata e um camiseta. Isso acontece porque, ao contrário do que a gente imagina, o que importa mesmo são os complementos!

Calças
Eu tenho várias calças de trabalhar: duas sociais pretas (resquício das épocas de salão), uma calça vermelho escura, uma branca, uma cinza flare, uma cinza skinny e uma preta flare não-social. Minha favorita? Uma das pretas sociais. Eu uso todas em um rodízio, mas me sinto realmente confortável e bem vestida com uma das sociais pretas da época do salão. Ela fica na altura certa (linha do umbigo) e é tão confortável que daria para fazer uma aula de ioga com ela! Provavelmente, se eu tivesse que recomeçar do zero, eu escolheria uma calça preta social flare e uma skinny.

Vestidos e saias
Eu adquiri três saias ao longo do ano e entre ela eu não uso mais nenhuma. Simplesmente não eram confortáveis. Se eu encontrar uma saia evasê de boa qualidade vou fazer um teste, mas não é necessário de maneira alguma! O vestido, eu comprei um preto social. Na real? Ficaria muito bem sem ele.

Complementos
Agora, as peças chave do meu guarda roupas: os complementos! Mais especificamente os cardigãs. Tenho três, mas preferia ter escolhido outras cores quando comprei. O meu favorito do momento é o ultimo que adquiri: preto de poás brancos. Neutro e estiloso. Outro complemento que estou disposta a comprar será um blazer ou paletó. Eles fazem qualquer roupa ficar mais social. Essa é a peça chave fundamental. Não achei ainda aquele que me fez dizer "é esse!", mas sei que vai ser caro, como qualquer peça de alfaiataria de boa qualidade deve ser. 

Sapatos
Não é a toa que tenho cinco sapatilhas: conforto total. Porém também tenho uns saltos que uso para trabalhar. Mas apenas uma boa sapatilha preta já resolve, o problema é que não vai durar muito. Eu sempre me apego mais as minhas de cor escura e elas se acabam rapidinho.

Acessórios
Eu sou adepta de relógios e apenas isso. Sem brincos, sem colares, com anéis. Além dos relógios, os lenços. Mas isso é bem pessoal.

Bom, minha dica é essa: uma calça preta de bom corte, duas camisas sociais e duas blusas de outro tipo, um cardigã e um blazer. Um sapato confortável. E o resto? O resto vem com o tempo, vem com as vontades... Vem com a moda e as cores. Vem quando você descobre qual é o estilo do resto do pessoal no ambiente de trabalho. Vale lembrar: quando eu estava fazendo o Project 333 eu fui muito mais elogiada pelas roupas, diziam que eu andava muito executiva ultimamente.

Uma coisa interessante que eu consigo enxergar hoje é o quanto eu mudei de fato esse ano. Eu era a garota do cabelo cor de rosa, do lenço azul e do relógio amarelo. Da boca cor de uva. Mas da mesma forma como a gente modifica nosso ambiente, ele também nos modifica. Muitas das coisas que eu adquiri logo que comecei aqui no escritório eu não compraria hoje. São brilhantes e coloridas demais. São lindas, mas não combinam mais comigo. Então, aos poucos vou mudando, vou substituindo.

6 comentários

  1. Nossa, vou até deixar esse post salvo para ler com calma depois porque estou realmente precisando disso.
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nana, que bom! Fico feliz de te ajudar!
      Beijão!

      Excluir
  2. Que surpresa a minha ao entrar aqui e ver que você fez um post respondendo á minha pergunta!
    Logo digo que adorei as dicas e o fato de você compartilhar o seu próprio guarda roupa! Acabei fazendo exatamente o que você indicou. Comprei algumas poucas peças essenciais nesse primeiro momento: duas calças sociais (uma preta e uma creme), duas blusas, uma camiseta preta básica, e duas sapatilhas (preta e creme). Procurei adquirir cores clássicas para as possibilidades de combinação serem maiores. E o melhor é que tentei ao máximo aproveitar algumas peças que já tinha no meu guarda roupa, fiquei bastante feliz com isso, estou economizando dinheiro, economizando espaço e não acumulando. Acho que o melhor é dar tempo ao tempo e observar melhor o estilo do serviço, porque venhamos e conhecemos, na pratica é tudo diferente do que a empresa impõe. Enfim, obrigada por responder a minha pergunta! E tudo de bom para nós nos nossos novos serviços! Beijos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paula, fico feliz! Eu demorei horrores, eu sei, preciso melhorar nisso mesmo, rs. Mas fico feliz se ajudou você a ter mais certeza das suas próprias escolhas! Sempre que você quiser e eu puder ajudar, me coloco a disposição!
      Beijão!

      Excluir
  3. Post ótimo! Eu ainda tenho um guarda-roupas cheio (beeeeem menos do q já foi), mas chego à conclusão que uso tanto quanto descreves. Então, logo, logo, vou destralhar mais uma vez! E é isso: o lenço e o cachecol (na meia estação e inverno) e colares artesanais, são os acessórios que garantem a diversidade e criatividade do visual. Abs. Marion, do blog Criações em família & cia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marion, nada melhor do que uma roupa básica com o acessório certo não é? Bom destralhe para você!
      Beijão!

      Excluir

Não comente como Anônimo! Se você não possui uma conta para comentar, é só escolher a opção "Nome/URL" no campo "Comentar como" e colocar seu nome! :)