Coisas que você precisa entender sobre o desapego

09:00

Muitas pessoas não entendem o desapego. Pessoas do meu convívio me chamam de louca ou dão risada do meu destralhe constante. Então eu gostaria de deixar aqui meus pensamentos a respeito do desapego.
Desapego acontece em dois planos: o físico e o psicológico. Desapegar do seu vestido de noiva, não fará você desapegar do seu casamento. Desapegar daquele objeto que sua mãe deixou para trás, não vai fazer você desapegar da sua mãe. Desapegar do seu material da escola, não vai fazer você perder seu conhecimento. Porém, não adianta desapegar de todas as suas roupas, se você não desapegar da sua necessidade, seja ela qual for, que faz com que você continue comprando. 
O desapego, para ser bem sucedido, precisa acontecer primeiro no plano psicológico. Por isso a morte pode ser tão difícil de aceitar para muitas pessoas. O meu primeiro desapego foi exatamente esse: tudo que vive, um dia morre no plano físico, mas continua vivendo no plano psicológico.
Imagine se a ausência de alguém que morreu fizesse com que as lembranças desse alguém sumissem? O desapego funciona assim: se for importante, vai ser lembrado, mesmo quando não mais existir.
Então, se você se desapegar de um livro, isso não vai fazer você se esquecer da história.
A apego as coisas físicas mostra um desequilíbrio psicológico. Você se apoia na existência desses objetos no plano físico para suplantar as necessidades do plano psicológico. Quando você descobrir qual necessidade é essa, você consegue desapegar.
Por último, uma dica: muito dessas necessidades psicológicas tem mais a ver com a opinião de terceiros a nossa respeito. A necessidade de ser aceito, que te faz gastar as bicas em roupas, por exemplo. Não se esqueça: "posse" foi algo inventado pelo homem, para suprimir e alimentar nossas necessidades. Não temos posse de nada em momento algum de nossa vida. Tudo que é seu, na verdade não é, porque as únicas coisas que verdadeiramente te pertencem são suas memórias, conhecimentos e mesmo isso pode sumir com a morte ou com um problema no cérebro. O apego não faz bem. Liberte-se!

11 comentários

  1. Adorei este post e concordo com tudo o que escreveu :)

    ResponderExcluir
  2. Amei esse post, assino embaixo. Escreveu tudo que penso sobre o assunto! Eu estou vivendo tb uma fase de grande desapego e vi que realmente acontece primeiro no plano psicológico, depois passa pro material.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz de saber que você se identificou!! Obrigada!

      Excluir
  3. Que post lindo! Adorei!

    ResponderExcluir
  4. Tatiana, gostei muito desse post e concordo plenamente com o que você disse... desapegar realmente começa na nossa cabeça, quando percebemos que não precisamos de coisas exatamente porque a lembrança delas basta!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Bruna, e é incrível como essa percepção demora para acontecer não?

      Beijão!

      Excluir
  5. Post ótimo! Gostei bastante e penso exatamente como você :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber que você se identificou! Obrigada!

      Excluir

Não comente como Anônimo! Se você não possui uma conta para comentar, é só escolher a opção "Nome/URL" no campo "Comentar como" e colocar seu nome! :)